BANNER2

domingo, 28 de junho de 2015

Navegante



Navegante

Neste mar aos poucos
Segue minha nau
Ora em tempestade
Ora em calmaria
Assim é que morro aos poucos
Assim são absorvidos meus dias


Navegante
Volto pro nada ou pro tudo
Do nada ou tudo que aqui sou
Conflitante
Quase não muda o panorama
Existe-se em quanto se é amado
Existe-se enquanto se ama.

A chama acesa
No decorrer do tempo se apaga
Vão – se os afetos
Fica no espaço o vazio de seus gestos
A dor da saudade

Autor
Carlos Marcos Faustino
29/06/2015 – segunda feira- 00h39


Nenhum comentário:

Postar um comentário