BANNER2

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Meus versos


Nenhum texto alternativo automático disponível.





A partida  - XXIX - 

Meus versos


Meus versos não são tão belos
quão simples é meu pensar
Pululam sem almejar
Serem tão lindos castelos
Nascem sem muito atropelos
E querem ser poesia
Mesmo sem ter a magia
São como simples botecos
Que florescem pelos becos
No anoitecer dos meus dias


Autor
Carlos Marcos Faustino
04/05/2017 - quinta-feira - 18:22

5 comentários:


  1. Marcos Vinicius de Henrique
    Marcos Vinícius de Henrique é meu amigo, os versos seus, que tão lúcidos nos brindam com a simplicidade real do que parece tão meu, tão de quem se apropria da felicidade do que o coletivo vive tão como o teu, que é verso de que representa o nosso, tão bem como o teu e o meu e de quem quer que seja esse eu, que em versos tão belos como os teus, nos levam a essa viagem de tantos eu, que eu nem sei mais qual tanto sou eu, que me apaixono por esse seu eu, pensando como é linda a vida de tantos esses eus... parabéns
    05 de maio de 2017 às 02:05

    Tania Maria Gimenes Brochini
    Tania Maria Gimenes Brochini Parabéns, outra linda poesia.
    05 de maio de 2017 às 03:00

    Christina Castello Branco Augusto
    Christina Castello Branco Augusto Parabéns!!!! Seus versos são belos!!!!
    C05 de maio de 2017 às 08:09

    Creusa Maciel Marques
    Creusa Maciel Marques Parabéns meu amigo! Este dom você recebeu de Deus, daí o motivo de serem tão lindos!
    05 de maio de 2017 às 08:55

    ResponderExcluir
  2. Roseli Lopes
    Poeta...Deus continue a te inspirar . Parabéns.
    05 de maio de 2017 as 21:20

    ResponderExcluir
  3. Alberto Pezzan Pezzan
    Muito bom amigo e sempre com os sentimentos puros e a simplicidade do coração e d'alma....1 grande abraço
    05 de maio de 2017 às 12:27

    Maria Inês Fregonezi
    Maria Inês Fregonezi Muito lindo, Carlos!!
    05 de maio de 2017 às 16:27

    ResponderExcluir
  4. Magnólia Miranda
    Magnólia Miranda · 7 amigos em comum
    Linda poesia! Parabéns!
    06 de maio de 2017 às 23:53

    ResponderExcluir
  5. Maria Aparecida Reinaldo Marins
    Meu querido amigo poeta! Muito lindos seus versos.
    07 de maio de 2017 às 09:30

    ResponderExcluir